Monitoramento

Nossos serviços de Monitoramento oferecem informações seguras sobre performance em tempo real que os usuários obtém das aplicações, pela rede e seus dispositivos. Muitas soluções de monitoramento end-to-end consistem em diferentes produtos, onde os especialistas tem dificuldades para correlacionar os resultados.

Operação e manutenção de diferentes softwares de monitoramento é complicado, tende ao erro e é dificil de planificar em função das exigências flutuantes de computação e a grande quantidade de arquivos processados em tempo real, que geralmente necessita de armazemanento de longo prazo.

Atualmente a infraestrutura dos ambientes de trabalho está se tornando cada vez mais diversificada, com muitos tablets, smartphones, Infraestrutura de Desktop Virtual (VDI) e desktops na Nuvem. Simultaneamente mais e mais times trabalham com SaaS e aplicações na Nuvem.

Um monitoramento compreensivo end-to-end de gerenciamento de múltiplos provedores está se tornando cada vez mais importante.

Acompanhe sua infraestrutura completa de TI global com nossos Serviços de Monitoramento da Nuvem sem ter que lidar com complexidade adicional. Três áreas de sua infraestrutura são monitoradas e analizadas e nossos Certified Cloud Architects podem te mostrar como o monitoramento end-to-end pode ser feito de forma fácil.

O Monitoramento do ambiente de trabalho desde a Nuvem analisa a performance dos ambientes Windows do cliente desde a perspectiva do usuário. A análise também inclui infraestruturas VDI, notebooks e ambientes de trabalho na Nuvem. A solução consiste essencialmente em "Coletores", que são instalados nos aparelhos.

Coletores são drives kernel Windows que não processam dados mas informações do uso de recursos como uso de CPU, tempo e duração de uso etc., coletam e transmitem para para engines "na Nuvem". Aqui nenhum perfil de usuário é criado. A análise de dados pode ser completamente anônima e o acesso a certas informações é restrito a papéis selecionados. Isso assegura que os dados monitorados do ambiente de trabalho não possam ser usados por colaboradores que realizam o monitoramento.

Ao usar "Finders", um histórico completo do comportamento do cliente pode ser acessado. Podem então ser feitas exames de aspectos especificos, como atividade anormal de rede que possa indicar invasão, hacking ou infestação de virus/worm, carregamento alto de memória ou tempos longos de inicialização, o que compromete o usuário no seu trabalho.

Pesquisas podem analisar quais aparelhos, aplicações ou componentes de rede estão afetados. Além disso, o tráfego de rede pode ser apresentado de forma apropriada em um incidente por exemplo (muito importante para o controle do provedor) comparações podem ser feitas entre maquinas semelhantes na rede para avaliar seu comportamento.

Também pode examinar como certos serviços chegam até o usuário, quanto de tráfego ele gera e como ele afeta o usuário com determinado equipamento. Dessa forma, mesmo a Nuvem e os serviços SaaS podem ser verificados, como também qual serviço de qual provedor com qual qualidade em qual localidade oferece, em qualquer momento.

Se o Workplace Monitoring conecta a aplicação e o monitoramento de rede além de suas interfaces definidas, o sistema oferece uma visão completa de monitoramento. Portanto, o impacto real de interrupções dentro de qualquer ponto da infraestrutura de TI se torna visível.

Para fins de qualidade, verifique que o Workplace Monitoring Service oferece informação da nuvem por exemplo de:

  • Tópicos de performance
  • Analise de capacidade
  • Performance de serviço de rede
  • Performance da aplicação (disponibilidade, capacidade de resposta)

O Monitoramento da performance da internet e rede a partir da Nuvem analisa a disponibilidade, tempo de resposta  e erros de transmissão que estão presentes na sua WAN ou links de Internet desde diferente localidades do mundo.

Consequentemente, muitos problemas se tornam visíveis para os administradores de TI que estão perto dos Data Centers.

Um total de 9 localidades no mundo de "Coletores" realizam solicitações em links monitorados, determinam latência, perda de pacotes e fazem a transmissão dos dados para a "Engine" central. Coletadores adicionais podem ser incorporados na sua rede sob solicitação para prover resultados mais precisos desde suas localidades chaves.

Ao olhar a performance de vários locais pelo mundo, os problemas geralmente se tornam visíveis, identificáveis somente pela distância entre o transmissor e o receptor. Isso é particularmente importante se SaaS ou aplicações da nuvem são usados pelo mundo ou quando usuários distribuidos globalmente acessam recursos centralizados. Assim, por exemplo, perda de conexões para usuários em uma localidade na América do Sul também se tornam visíveis para uma central de serviço com disponibilidade otimizada na hora relevante para usuários  de todas as outras partes do mundo.

Os dados são normalizados e correlacionados no "Engine". Os dados correlacionados em tempo real são disponibilizados em um painel de visualização,que fica visível no portal, e fornece informações importantes de discrepâncias, tais como latência anormal ou perda recorrente de pacote. Baseado nos desvios dos indices considerados normais, alertas podem ser ativados através de diversos canais de comunicação e tickets gerados automaticamente.

Se o monitoramento da rede se conecta com ambientes de rede moderno desde a nuvem para LAN e WLAN em localidades, além de suas interfaces definidas, o sistema de monitoramento oferece a informação compreensiva de todo trafego da rede na camada da aplicação (Camada 7). Isso é particularmente importante se SaaS ou aplicações na nuvem estiverem sendo usadas, comunicando sobre endereços IP dinâmicos e portas, tais como Skype, salesforce.com, Office365, Google for Work, etc.

O Monitoramento de aplicações e SaaS a partir da Nuvem analisa a disponibilidade, tempo de resposta, performance e erros mostrados nas suas aplicações do servidor, aplicações da Nuvem ou SaaS de diferentes localidades do mundo. Consequentemente, muitos problemas se tornam visíveis para os administradores de TI que estão perto do Data Center ou em localizações estratégicas.

De um total de 9 localidades pelo mundo, os "Coletores" realizam pedidos para as aplicações monitoradas, determinam disponibilidade, tempo de resposta, performance e erros e transmitem os dados para uma "Engine" central. Além disso, os coletores podem ser instalados nos seus servidores de aplicação para determinar resultados mais precisos ou detalhes como CPU, memória e utilização da rede do servidor de aplicação.

Mesmo com aplicações e SaaS, problemas de monitoramento geralmente se tornam visíveis na revisão de performance de vários locais pelo mundo, que são percebidos no trajeto do transmissor até o receptor. Isso é particularmente importante se SaaS ou aplicações de Nuvem são usadas pelo mundo ou quando usuários distribuídos pelo mundo acessam recursos centralizados.

Dados são normalizados e correlacionados na Engine. Os dados correlacionados em tempo real são disponibilizados em um painel, que é visível no portal, e oferece informações imediatas sobre discrepâncias, tais como oscilações anormais na performance ou erros recorrentes de timeout. Podemos analisar em longos períodos a deterioração de performance de aplicações ou em curtos periodos, como problemas intermitentes que desaparecem rapidamente.

Também com rede, o monitoramento pode automaticamente ser aberto e ter alarmes disparados, baseados em desvios dos níveis normais.

Se o monitoramento de aplicações utiliza conexões modernas e monitoramento de estação de trabalho, as interfaces do sistema de monitoramente pode oferecer uma visão end-to-end. Assim, o impacto real de interrupções dentro da infraestrutura de TI fica visível para o usuário final.

O Monitoramento a partir da nuvem pode ser usado, por exemplo, para:

  • Controle e Gerenciamento de Serviço, Rede, Nuvem e provedores SaaS
  • Melhoria na análise de incidentes no Service Desk
  • Monitoramento de Infraestutura de Virtual Desktop (VDI) e Windows Desktop/Netbook
  • Monitoramento de Rede, Internet-Link, WAN, MPLS, e LAN/WAN
  • Monitoramento de Aplicações, Nuvem e SaaS
  • Monitoramento de Servidor e Infraestrutura
  • Validação de políticas de segurança
  • Prevenção, detecção rápida e análise de incidentes de segurança, especialmente ativados por usuários na rede interna.
  • Análise de log de servidores e alertas em caso de desvios das condições normais.